Sobre a Parques de Sintra – Monte da Lua

A Parques de Sintra – Monte da Lua, S.A. (PSML) é uma empresa de capitais exclusivamente públicos, criada em 2000, no seguimento da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade (1995).

 

A Parques de Sintra tem a seu cargo a missão de assegurar a gestão integrada de um importante conjunto patrimonial inserido na zona classificada, que inclui os Parques da Pena e de Monserrate, dois dos mais importantes parques botânicos de Portugal, e edifícios notáveis como os Palácios da Pena e de Monserrate, o Castelo dos Mouros, o Convento dos Capuchos, o Chalet e Jardim da Condessa d’Edla e, também, a Villa Sassetti. Desde setembro de 2012, é também responsável pelos Palácios Nacionais de Sintra e de Queluz e pela Escola Portuguesa de Arte Equestre, sediada em Queluz. Esta última atua em Belém, no Picadeiro Henrique Calado, que a Parques de Sintra recuperou para o efeito.

 

A gestão deste património envolve o investimento contínuo na sua recuperação e valorização, bem como uma dedicação constante à melhoria da experiência do visitante, à diversificação dos serviços e atividades e a tornar a visita memorável. O modelo de gestão em prática tem vindo a colher um amplo reconhecimento nacional e internacional através da atribuição de distinções de elevado prestígio nas áreas da conservação e reabilitação patrimonial, da responsabilidade social, das acessibilidades, do design e do turismo, de que se destaca a atribuição do World Travel Award, pelo quinto ano consecutivo, de “Melhor Empresa do Mundo em Conservação”.